Sábado, 26 de Maio de 2007

Texto 6

O Dogmatismo e o Cepticismo
 
  
78. No que se refere ao Valor dos nossos Conhecimentos,
      distinguir-se-ão o Dogmatismo e o Cepticismo.
 

79. O Dogmatismo sustenta que a verdade está ao nosso alcance.
      Afirma a possibilidade do saber universalmente válido.
      O homem pode assim aceder à Ciência
      e ter algumas certezas na vida.
 
80. O céptico nega a possibilidade desse Conhecimento.
      As verdades objectivas e universais estão vedadas ao homem.
      "Descansa a tua cabeça na almofada mole da dúvida",
      escreveu Michel de Montaigne (1533-1592).
      Nenhuma certeza pode ser alcançada.

 
81. Um paradoxo do Cepticismo:
      a proposição "não há verdade" é verdadeira.
 
82. Baseia-se precisamente naquilo que procura combater:
      num saber adquirido. "Só existem opiniões". "Tudo é relativo".
      Considera duvidosas ou suspeitas todas as doutrinas, exceptuando a sua.
 
83. A dúvida céptica é sistemática, universal e definitiva.
      Recomenda a suspensão do juízo: não afirmar nem negar nada.
      Colocando no mesmo pé a verdade e o erro, faz tábua rasa de ambos.
      
84. Dela se distingue a Dúvida Metódica.
      Esta possui um carácter meramente provisório.
 
85. Também chamada Dúvida Cartesiana (alusão a Descartes),
      é utilizada como método para apuramento da verdade.
 
86. A dúvida não é, neste caso, um fim em si mesmo,
      mas uma precaução, um meio de discernir o trigo do joio.
      Cessa quando, após maduro exame, se chega a uma certeza.
 
87. Saber duvidar é muitas vezes uma medida de prudência.
      Evita dois males: a credulidade e a incredulidade gratuitas.
      Não se opõe ao Dogmatismo filosófico, pois é útil à verdade.
 
88. O Agnosticismo é uma modalidade de Cepticismo.
      Sustenta que não é possível ao homem conhecer
      a razão última da realidade ou a essência das coisas.
 
89. Por considerar impossível saber o que quer que seja a esse respeito,
      o agnóstico nem afirma nem nega a existência de Deus.
      Abstém-se simplesmente de tomar uma posição.
 
90. Embora o Agnosticismo se distinga do Ateísmo teórico,
      a indiferença religiosa que acarreta reverte num Ateísmo prático.
      Agnosticismo, imanentismo e evolucionismo vão de par.
publicado por Marc Calicis às 12:30
link do post | favorito

Marc Calicis

Licenciado em Filosofia pela U.C.P.

Vila do Conde

Ano Lectivo de 2009 - 2010